Tecnologias do Pré-sal

Produção de petróleo e gás natural sobe 1,4% em setembro

producao-setembro

Nossa produção total de petróleo e gás natural, em setembro, foi de 2,88 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), sendo 2,75 milhões boed produzidos no Brasil e 130 mil boed no exterior. Esse resultado representa crescimento de 1,4% na produção total da companhia em relação a agosto.

A produção total de petróleo e gás no Brasil é um novo recorde mensal, superando os 2,72 milhões boed atingidos no mês de agosto de 2016. A produção média de petróleo no país, que atingiu 2,24 milhões de barris por dia (bpd) em setembro, também constituiu novo recorde.

Novo recorde no pré-sal

A produção de petróleo e gás natural operada por nós (parcela própria e dos parceiros) na camada pré-sal também bateu novo recorde mensal em setembro, ao alcançar 1,46 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boed). Esse volume corresponde a um aumento de 7,3% em relação ao mês anterior.

Esse resultado se deve, principalmente, ao crescimento da produção dos campos de Lula e Sapinhoá, ambos na Bacia de Santos.

Em setembro, a produção média de petróleo que operamos no pré-sal bateu também novo recorde mensal, de 1,17 milhão de barris de petróleo por dia (bpd). Além disso, alcançamos com nossos parceiros novo recorde de produção diária de óleo naquela província, ao produzirmos, no dia 07/09, o volume de 1,23 milhão de bpd.

Gás natural

A produção de gás natural no Brasil, excluído o volume liquefeito, foi de 81,2 milhões m³/dia, 2,2% acima do mês anterior (79,5 milhões m³/dia), o que constitui novo recorde mensal.

A produção média de gás natural no exterior foi de 9,5 milhões m³/d, um volume 2% menor em relação ao mês anterior, devido à parada programada da plataforma dos campos de Lucius/Hadrian South, nos Estados Unidos.


Contador de páginas